What's that?  

Instrumentos e a sua relação
com a cultura matemática coeva

 
Apresentação
Investigação
Pós-graduação
Divulgação
Publicações
Textos disponíveis
Links
Contacto
 
   
   

da Antiguidade até aos primórdios
da Idade Moderna

Ao longo da história a concepção, o entendimento e, por vezes, a utilização de instrumentos científicos implicava conhecimentos matemáticos. Como estes conhecimentos foram representados nos escritos, explicados ou estudados pelos próprios actores históricos? Como os seus conhecimentos se relacionavam com a cultura matemática coeva? O que é que se sabe sobre as formações científicas e as fontes de matemática dos autores que tratavam de instrumentos?

Durante um dia abordar-se-ão estas questões sobre instrumentos da ciência a nível técnico. Isto é, debruçar-nos-emos sobre os princípios matemáticos e teóricos do seu funcionamento, analisando-os à luz dos conceitos e métodos matemáticos correntes na correspondente época.

Desta forma, o objectivo da jornada é criar um espaço de partilha do conhecimento sobre a parte da cultura matemática relacionada com instrumentos ao longo da história. Tentará caracterizar-se os modos de fertilização mútua de tradições práticas e teóricas da cultura matemática. Assim, o dia dará início à uma reflexão colectiva sobre as fontes, as questões e os métodos de pesquisa nesta área.

 

  • 9h55 - Abertura
  • 10h - Jorge Nuno Silva
    "O Rithmomachia. O jogo pedagógico associado à matemática pitagórica (séc. XI)"
  • 10h50 - Armando Martins
    "O mapa na Antiguidade Clássica"
  • 11h40 - Pausa
  • 11h 55 - António Canas
    "Instrumentos inúteis (séc. XVII)"

  • Almoço (12h45 - 14h)

  • 14h - Bruno Almeida
    "De regulis et instrumentis: análises de Pedro Nunes a alguns instrumentos coevos" (séc. XVI)
  • 14h50 - Samuel Gessner
    "Gramelogia. A régua de cálculo circular e a aparição dos logaritmos (séc. XVII)"
  • 15h40 - Pausa
  • 15h55 - Discussão final
  • 16h30 - Fecho
 
Sexta-feira,
4 de Julho de 2008

Jornada de Estudo
Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Campo Grande,
Edifício C8, sala 8.2.17

Evento aberto a todos os interessados.

Ilustração ao terceiro livro, a inserir entre p. 204 e 205. Oronce Finé, Orontii Finei [...] de Solaribus horologiis et quadrantibus, libri quatuor [...][Edidit J. Fineus.], Paris, G. Cavellat, 1560, p. 204

Organização
> Samuel Gessner

 

     
       
       
       
            
           
  Última actualização 02-07-08