What's that?  

Historiografia das Ciências

 
Apresentação
Investigação
Pós-graduação
Divulgação
Publicações
Textos disponíveis
Links
Contacto
 
   
   

Horário: 5ª feira, 18.00-21.00, sala 8.2.02.

Objectivo da disciplina (resultados da aprendizagem e competências a adquirir)

-

Precedências recomendadas

-

Programa (Componente teórica)

1. A História das Ciências como disciplina histórica.

  • A actividade científica considerada historicamente; a história das ciências como uma especialidade da história; relação entre a ciência e a sua história; génese e desenvolvimento da história das ciências; os objectivos da disciplina.
  • As relações da história das ciências com a filosofia das ciências e a sociologia das ciências. Os Science Technology Society Studies.

2. O métier do historiador das ciências.

  • As ferramentas do historiador da ciência; Aspectos metodológicos: anacronismo; periodização.
  • Fontes e materiais primários e secundários; fontes públicas e privadas; instrumentos e cultura material;
  • Recursos bibliográficos e outros instrumentos de investigação. História das ciências na Internet.
  • Objectividade histórica, causalidade e correlações.
  • As perguntas dos historiadores.
  • As histórias de ciência de cientistas. Biografias e prosopografias. História Institucional. Estudos cienciométricos
  • Episódios no desenvolvimento das ciências e temas discutidos em história das ciências.

3. A História da História das Ciências

  • O passado da história das ciências. Georges Sarton e Pierre Duhem
  • Historicismo, a primeira sociologia e emergência do debate internalismo-externalismo: Robert Merton e Alexander Koyré.
  • Continuismo versus descontinuismo. Thomas S. Kuhn na interface da história, sociologia e filosofia das ciências.
  • Construtivismo social. A nova história social e cultural da ciência: prática científica e comunidade científica. Contingência

4. O estado actual da História das Ciências

  • A organização institucional da disciplina hoje: departamentos, sociedades e academias, periódicos;
  • Os seus profissionais: formação, carreiras, avaliação;
  • Debates actuais; A história da ciência e o discurso político; A história da ciência e a educação em ciências; a história da ciência e a promoção de uma cultura científica.
  • Como escrever um artigo em História das Ciências: estrutura, forma, referências bibliográficas

5. Dois casos. Historiografia da Revolução Científica e Historiografia das Ciências na Periferia Europeia

  • A Revolução científica como entidade historiográfica, de Whewell (e antes) até aos nossos dias; Mach, Sarton, Koyré, Duhem. A construção de uma mitologia científica. A noção de retórica científica.
  • Historiografia das ciências na periferia europeia: a questão centro-periferia na historiografia das ciências; transmissão versus apropriação. Apropriação das ciências na Periferia Europeia: circulação; comunicação; popularização; a periferia europeia enquanto perspectiva

Programa (Componente teórico-prática)

-

Bibliografia recomendada

Leituras obrigatórias

Helge Kragh, Introdução à Historiografia da Ciência (Porto: Porto Editora, 2003). 

Kostas Gavrolu, O Passado das Ciências como História (Porto: Porto Editora, 2007).

Outras leituras (muito) recomendadas

Michael Shortland and Richard Yeo (eds.), Telling Lives in Science. Essays on Scientific Biography (Cambridge: Cambridge University Press, 1996).  

Thomas S. Kuhn, A Estrutura das Revoluções Científicas (São Paulo: Perspectiva, 1990). [The Structure of Scientific Revolutions].

Thomas S. Kuhn, The Road Since Structure. Philosophical Essays, 1970-1993, with an Autobiographical Interview. Edited by James Conant and John Haugeland (Chicago and London: The University of Chicago Press, 2000).

H. Floris Cohen, The Scientific Revolution: A Historiographical Inquiry (Chicago and London: The University of Chicago Press, 1994).

Joseph W. Dauben and Christoph J. Scriba (eds.), Writing the History of Mathematics: Its Historical Development (Basel: Birkhäuser, 2002). 

Kostas Gavrolu e Jürgen Renn (eds.), Positioning the History of Science (Dordrecht: Springer, 2007). (online até 16 de Novembro)

 

> Mestrado 2008/2009

> Descarregar textos novos!

 

> Docente
Ana Simões,
gabinete 4.3.15, aisimoes(at)fc.ul.pt

> Departamento responsável
Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências da FCUL

> Tipo de disciplina
opção

> Ano da disciplina
1º ano do 2º ciclo

> Semestre da disciplina
1º semestre

> Número de créditos
6 ECTS/3h

> Carga horária semanal (presencial)
3 horas semanais

> Responsável da disciplina
Henrique Leitão

> Métodos de ensino
1ª parte da aula: Apresentação dos temas pelo professor e sua discussão colectiva.

2ª parte da aula: Apresentação a cargo dos alunos de artigos relacionados com a matéria discutida na primeira parte e seguida de debate colectivo.

> Métodos de avaliação
Participação nas aulas e apresentação oral de artigos (números a determinar). 25% Fichas de leitura sobre artigos seleccionados (número a determinar). 25% Trabalho escrito individual (10 páginas).50%

> Língua de ensino
português

     
     

Artigos

 

 
       
       
            
           
  Última actualização 17-11-08